Comentários fechados em Dicionario Culinario – Letra Q
FavoriteLoading Adicionar
Avalie!
[2/3.5]
Termo Descrição
Quaitzi O mesmo que hashi (termo chinês).
Quatre épices Mistura de especiarias em pó, de sabor picante. Geralmente é preparada com pimenta-do-reino branca, noz-moscada, cravo-da-índia e canela (termo francês).
Queijada Tipo de bolo pequeno famoso nas regiões de sintra e évora em portugal. É feito com queijo ou requeijão, leite, açúcar e ovos. São enformados em forminhas individuais e, em alguns casos, também levam o nome de queijada pequenos bolos recheados de amêndoas, ovos, laranja e outros ingredientes. Pastel de queijo ou barquete de queijo.
Queijo Bel paese ou itálico Queijo de origem italiana, fabricado no brasil, onde é também conhecido com o nome de itálico. Semi-mole, curado e de sabor suave, a casca pode ter uma coloração ligeiramente acinzentada ou amarelada e a massa é amarelo-clara, com minúsculos orifícios. Usado para acompanhar aperitivos, para fazer sanduíches ou servido com frutas, como sobremesa.
Queijo Brie Queijo mole e curado, de origem francesa, com sabor suave para picante. É posto à venda cortado em fatias, macio e ligeiramente oleoso com casca fina e comestível. Ideal para festas do tipo queijo e vinho. Deve ser consumido rapidamente, pois azeda com facilidade.
Queijo Cacio-cavallo Queijo de origem italiana feito com massa cozida em água fervente; depois de dessorada, é puxada até fazer fios. Uma vez moldado, é amarrado aos pares e colocado a cavalo em varas, para secar. Muitas vezes é também defumado ou recheado com uma bolsa de manteiga. Seu uso em culinária é muito difundido no sul da itália, enquanto no brasil é consumido principalmente como aperitivo.
Queijo Camembert Queijo feito de leite de vaca, originário da frança. Inoculado com um fungo branco, é curado em adegas com umidade e temperatura controladas. Depois de ter formado uma crosta embolorada, de cor amarelo-clara, é embrulhado em papel alumínio e posto a venda em caixinhas redondas de madeira ou de papelão. Massa macia, quase líquida quando no ponto ideal de amadurecimento; sabor picante e ligeiramente amargo. Indispensável na tábua de queijo, servido também como aperitivo ou sobremesa, quando acompanhado por frutas.
Queijo Coalhado É o mesmo que queijo lático ou queijo ácido, não é rico em gordura porque é preparado com leite integral, não é salgado. Sua consistência varia de semilíquida até granulada, dependendo da drenagem.
Queijo Colby Queijo de origem inglesa, semelhante ao queijo prato, quer na consistência quer no paladar, embora tenha o sabor um pouco mais acentuado e a massa mais gordurosa e menos elástica. Usado principalmente no lanche, para sanduíches ou como aperitivo.
Queijo Cremoso São os queijos gordurosos, cerca de 45% de gordura, muitas vezes preparados a partir do creme de leite. Tem textura lisa e cor branca e não cozida.
Queijo Emmenthal ou suíço Queijo de origem suíça, de massa cozida e curada, vendido em formas redondas, achatadas e enormes que chegam a pesar até 100 kg. É vendido e cortado em pedaços; tem casca consistente e massa firme, amarelada e com buracos grandes e regulares. O sabor é adocicado e peculiar. Muito usado em culinária, indispensável na sopa gratinada de cebola e no preparo do fondue de queijo. Come-se também no lanche, como aperitivo ou acompanhado de frutas como sobremesa.
Queijo Fundido É um queijo obtido a partir da fusão do queijo gruyère com outros queijos, dando-lhe uma consistência cremosa e sabor suave. É próprio para preparação do fondue. Em 30g do queijo fundido estão
Queijo Gorgonzola Queijo que se parece com o roquefort francês, mas de origem italiana. De sabor picante, é caracterizado por veios azuis. Tem massa macia e quebradiça. Encontra-se à venda já cortado, principalmente em fatias embrulhadas em papel alumínio. Servido na tábua de queijos, com bolachas, como aperitivo, em sanduíches ou lanches e, muitas vezes, em pratos salgados, quentes e frios.
Queijo Gouda Queijo de origem alemã com sabor delicado, nem suave, nem picante, semimole, cremoso e com pequenos orifícios. Para o seu uso, veja queijo prato.
Queijo Kraüterkäse Queijo de origem suíça. É vendido em bisnagas, pois se apresenta macio e cremoso. Usado para sanduíches, lanches e canapés.
Queijo Limburgo Queijo de origem belga com consistência pastosa, gordurosa, mole e amarelada. É curado por cerca de 2 meses e tem um aroma forte e picante. Usado como aperitivo, para sanduíches, lanches e sobremesas.
Queijo Mozarela Queijo italiano muito difundido no mundo inteiro. Como o caciocavallo, a massa é puxada até formar fios, depois de ter sido mergulhada em água fervente. Depois de ter recebido o formato, é posto em salmoura por algumas horas e vendido fresco. Conserva-se por poucos dias, a não ser um tipo que é ligeiramente curado e vendido também em fatias. Existe um outro tipo que é defumado e que dura mais tempo. O mozarela defumado é principalmente comido no lanche ou como aperitivo e, ocasionalmente, entra em pratos salgados. O fresco pode ser usado ao natural, em saladas, sobre pizza e berinjela à parmegiana, nas massas e uma porção de outros pratos de origem italiana ou não.
Queijo Parmesão Outro queijo de origem italiana, também muito difundido no mundo inteiro. Massa cozida, curada durante pelo menos 7 meses, com casca espessa e massa amarela com tendência para castanha, ligeiramente salgada e saborosa, parte com facilidade em pedaços. É essencialmente um queijo para ralar, embora possa ser usado na tábua de queijos, servido como sobremesa, acompanhado por frutas, ou usado como petisco, junto com um bom vinho tinto.
Queijo Pecorino Queijo feito com leite de ovelha, de origem italiana, usado no brasil principalmente como queijo de ralar. É curado por alguns meses e tem casca grossa e massa de sabor salgado e picante. Às vezes é aromatizado com pimenta-do-reino em grão. Como queijo para ralar, é principalmente usado como ingrediente em pratos quentes ou ralado sobre massas. Pode ser também servido para acompanhar vinhos tintos encorpados.
Queijo Port salut (ou port du salut) Queijo de origem francesa, macio, com massa ligeiramente amarelada, com pouca casca e de sabor picante e característico. É vendido em blocos com tijolos, embrulhados em papel alumínio. Usado em sanduíches em canapés para aperitivos ou comido com frutas, como sobremesa.
Queijo Prato Possui casca lisa, tem formatos diversos
Queijo Provolone Queijo de origem italiana, fabricado como o mozarela e o caciocavallo. Depois de salgado, é amarrado como fosse um salame e levado ao fumeiro por pouco tempo. Antes de ser posto a venda, é curado por 2 ou 3 meses. Tem casca grossa e parafinada, massa firme, salgada e picante, ligeiramente defumada. O tamanho das formas varia entre ½ kg e 15-20 kg. Muito usado como petisco com cerveja, depois de temperado com azeite e orégano. Usado também em sanduíches, saladas, ralado e acrescentado a pratos salgados, especialmente quando gratinados.
Queijo Ricota Queijo de origem italiana, obtido fervendo-se o soro junto a um ácido. Os flocos que sobem à tona são, então, escorridos e postos em moldes especiais ou cilíndricos para dessorar ulteriormente. Encontra-se fresca ou seca e defumada, ás vezes com pimenta calabresa esmigalhada. A fresca tem sabor macio, suave e quase adocicado, enquanto a defumada é salgada, seca e apimentada. A ricota fresca serve como recheio de massas, tortas e panquecas. Também é utilizada em doces e saladas; em sobremesas várias, e como base de alguns dips e no molho para macarrão. A seca é comida no lanche, ou para acompanhar cerveja ou vinhos, além de poder ser ralada sobre as massas, no lugar do pecorino.
Queijo Tilsit Queijo de origem alemã, embrulhado em papel alumínio dourado. A massa tem coloração amarelo-clara, consistência semimole e cremosa, com sabor suave mas com um fundo ligeiramente picante. Contém, às vezes, alcaravia (kümmel). É servido na tábua de queijos, como aperitivo ou no lanche.
Queijo-de-minas Queijo feito com leite de vaca semidesnatado. Encontra-se em cilindros achatados, de vários diâmetros e consistência, dependendo do grau de cura. Encontra-se fresco e prensado, meio-cura e curado (para ralar). O queijo-de-minas fresco é usado no lanche ou como sobremesa, às vezes acompanhado por goiabada ou qualquer outro doce. O meio-cura, além de ser usado pra lanches, serve para várias preparações culinárias e pode substituir o queijo tipo suíço. O queijo-de-minas curado é usado como queijo ralado, entrando como ingrediente tanto em pratos salgados como em pratos doces.
Queijo-do-reino ou Edam Queijo de leite de vaca, de origem holandesa. Massa cozida, gordurosa, com consistência cremosa e pequenos orifícios. Apresenta-se como uma bola redonda, com a massa amarela e a casca tingida de vermelho. Tem sabor suave, mas com um fundo ligeiramente picante. O termo do reino indica que, em tempos passados, era trazido para o brasil de portugal. É usado como petisco acompanhando bebidas, além de entrar em receitas requintadas. Pode também ser consumido puro com bolachas salgadas e frutas.
Queimado Diz-se do açúcar queimado com um ferro em brasa depois de polvilar um creme ou bolo.
Queimar Dourar rapidamente a superfície da carne em fogo bem alto.
Quentão Bebida típica do interior de são paulo e minas gerais, feita com pinga, açúcar, gengibre, casca de laranja, casca de limão e cravo. Servida bem quente e em canequinhas.
Quibe Famoso prato árabe feito de carne, poderá ser cru ou cozido, frito, ao forno, e com diversos ingredientes dependendo da receita. A carne para o quibe é moída e adicionada dos temperos e demais ingredientes que poder ser
Quiche Lorrane Prato típico da região de lorena na frança. É preparado com uma massa especial que cobre o fundo e lateral da forma onde é preparada, recheada com um mistura de ovos e creme de leite temperada com sal, pimenta-do-reino e noz-moscada, polvilhada com toucinho frito. Em algumas receitas o toucinho é substituído por bacon defumado. No recheio é adicionado cebola, cenoura, presunto, champignon e outros.
Quindim Doce popular no brasil, preprarado em forminhas iguais às de empada ou em uma forma grande, com calda de açúcar, manteiga, coco ralado, farinha de trigo e gemas. Assado no forno.

 

Os comentários estão fechados.